Tipos de marketing digital

Neste post vamos abordar os principais tipos de marketing digital, falando um pouco sobre cada tópico, vai ser um conteúdo muito legal e produtivo.

Lembrando que para entender melhor sobre os tipos de marketing digital, é importante que você já tenha lido os posts “Entenda o que é marketing digital” e “Conceitos do marketing digital“, pois trata-se de uma sequência de informações.

A palavra marketing é muito poderosa e sofre constantes mudanças e atualizações a cada dia. Quem trabalha com marketing nunca para de estudar e buscar conhecimento, afinal, a sociedade muda a cada dia.

Você já se deparou com alguma pessoa comentando:

Nossa, na minha época isso era tão diferente.

Pois bem, notamos uma mudança de comportamentos nessa frase. Assim também acontece com o marketing. Talvez técnicas antigas não apresentam tantos resultados conforme o esperado. Isso ocorre porque a sociedade mudou. Mudou a forma de enxergar as coisas, mudaram-se os costumes, e também as metas e objetivos. E, quem trabalha com marketing também tem que mudar e acompanhar todo esse avanço.

Vamos abordar agora algumas vertentes sobre o marketing digital para que você possa estudá-las, criar suas próprias estratégias e aplicá-la em seus projetos.

Marketing Digital

O Marketing Digital é o queridinho dos internautas que desejam divulgar de forma profissional seus produtos e serviços.

Bruno Oliveira…

Confesso que esse também é meu predileto.

Já falamos um pouco sobre marketing digital na matéria “Entenda o que é marketing digital” em nosso blog. Vale a pena a leitura. 🙂

Resumindo: O marketing digital nada mais é que as estratégias de divulgação aplicadas em um ambiente online, seja em tablets, smartphones, notebooks. Incluindo redes sociais, canais de busca dinâmica (pesquisas) e o Marketing de Conteúdo, que é esse que você está lendo em nosso blog. 😉

Marketing de Conteúdo

Toda empresa tem um objetivo. O objetivo da nossa agência por exemplo, está em alcançar o maior número de pessoas que se interessam por marketing digital. Em troca, oferecemos conteúdos relevantes, ricos em informação. Assim, vamos conquistando engajamento e possivelmente futuras negociações, além de gerar uma visão positiva de nossa marca na internet, criando assim uma identidade.

O marketing de conteúdo pode ser oferecido em blogs, redes sociais, e-mails, e-books, webinars, dentre outros.

Aplicar marketing de conteúdo em seu projeto é uma estratégia super inteligente, pois atrai o público que realmente têm interesse pelas informações que você compartilha.

Se você está iniciando suas atividades em marketing de conteúdo, ou não tem uma boa prática em redação, aconselho você de início, a compartilhar informações já existentes. Não é feio copiar!

Trecho do livro Seja Foda, de Caio Carneiro

Copiar o que é bonito não é feio.

Esse trecho do livro Seja Foda citado acima, ajuda a dar um passo adiante. Através da leitura, sua mente acumula informações. basta organizá-las e elaborar um texto do seu jeito, com suas palavras.

Dica de Mestre: Quando você compartilhar um conteúdo já existente, jamais remova o link ou créditos do autor.

Marketing de Performance

No marketing de performance, os números são os maiores aliados. O planejamento, a execução e avaliação de uma campanha baseiam-se em dados, com o objetivo de embasar as decisões, otimizar os investimentos e gerar melhores resultados.

O Marketing de Performance se preocupa essencialmente com o ROI — afinal, são os resultados financeiros que demonstram o real impacto das estratégias no negócio.

E-mail Marketing

E-mail marketing é diferente de spam, por favor não confunda!

Nas estratégias do marketing digital, o e-mail marketing é uma ferramenta essencial e poderosíssima, mas é importante alguns cuidados.

O e-mail marketing funciona muito bem quando utilizado da maneira correta. Caso contrário, o que chamamos de e-mail marketing pode receber o nome de spam (propagandas indesejadas).

Para utilizar e-mail marketing de forma profissional e obter excelentes resultados, é necessário obter autorização para fazer os envios das mensagens. É aí que entra mais um “macete” das estratégias do marketing digital.

Vamos abordar um exemplo sobre como capturar e-mails de pessoas que são relevantes para a nossa campanha:

No caso do blog da agência Aqua Sites, estamos abordando o assunto Marketing Digital em nosso conteúdo. Como eu disse no começo dessa matéria, meu objetivo é capturar o maior número de pessoas interessadas por esse assunto. Como um exemplo (funcional), vou disponibilizar um formulário de captura abaixo, e em troca, vou oferecer um ebook grátis com conteúdo exclusivo (que você não encontra aqui no blog) e dicas profissionais em Marketing digital.

Você reparou que com esse anúncio eu consegui despertar interesse na pessoa que está lendo essa matéria, pois eu afirmei que vou presenteá-lo com um ebook grátis e com conteúdo premium, que não foram publicados no site. A pessoa que busca mais informações em marketing digital com certeza vai me oferecer seu endereço de e-mail em troca desse material.

Digamos que 90% das mensagens que eu enviar para essa pessoa através de campanhas de e-mail marketing serão relevantes, pois ele demonstra interesse nesse assunto.

Esse trabalho de captura de e-mails pode ser feito via redes sociais, via cupons de desconto, via cadastro de clientes em seu sistema de gestão, etc.

Marketing de Social Media (Redes Sociais)

Se os seus clientes estão conectados, sua marca também deve conectar-se!

As pessoas passam horas e horas do dia visualizando as redes sociais. Destacamos as principais como: facebook, instagram, twitter, linkedin e whatsapp.

O marketing de redes sociais é aplicado justamente em um ambiente de relacionamento, e acredite: as pessoas gostam de interagir com marcas.

Além das interações (curtidas, comentários e compartilhamentos), a maioria das redes sociais oferece um painel para a criação de anúncios patrocinados, ampliando ainda mais a divulgação de sua empresa e aplicando as estratégias de seleção de público alvo.

Marketing de Busca

O sonho de toda empresa é estar entre os primeiros dos resultados de busca não é mesmo?

Acontece que para que isso aconteça, são necessárias certas otimizações no projeto e até investimentos em plataformas de anúncio.

É possível alcançar os primeiros resultados apenas com as técnicas de otimizações, mais conhecido como SEO. Nesse trabalho, especialistas monitoram as melhores palavras-chave para as soluções e produtos que a empresa oferece, elabora um anúncio profissional e “convence” o google que aquela página contém as melhores informações para determinada pesquisa.

Nós da Aqua Sites somos especialistas em Otimização de Sites, Blog e Loja Virtual – SEO. Invista neste projeto e confira de perto o poder dos resultados,

Mobile Marketing

O Mobile Marketing está relacionado a tudo que engloba informações rápidas em dispositivos móveis. Seja por um aplicativo, site com layout responsivo, plataformas de e-commerce, jogos com anúncios, mensagens, etc.

SMS Marketing

A estratégia de SMS Marketing está relacionada ao envio de informações em curtas mensagens. Seja uma promoção, informativo sobre alguma novidade, ou uma simples mensagem de boas festas.

Muitas empresas acham que o SMS Marketing está ultrapassado, com a chegada do WhatsApp. Não acredite nisso!

O envio de SMS ainda pode trazer bons resultados, com ótima taxa de entrega e baixos custos.

Vídeo Marketing

Com o crescimento do youtube, stories do instagram e lives ao vivo, o Vídeo Marketing recebe destaque entre as ferramentas do marketing digital.

Conteúdos audiovisuais despertam atenção e engajamento dos usuários com maior facilidade, obtendo ótimos resultados para suas campanhas.

Os smartphones oferecem câmeras com excelente qualidade, capaz de capturar os melhores momentos em qualquer lugar e a qualquer hora.

Geomarketing e Marketing de Proximidade

É comum sites e aplicativos obter a localização do seu dispositivo com acesso a internet, seja móvel ou não.

Essa inteligência da tecnologia e programação está sendo muito utilizada a favor das empresas, que aplicam estratégias de marketing poupando investimentos desnecessários e atingindo as pessoas certas.

Como um exemplo, essa informação pode ser usada para segmentar campanhas de anúncios ou fazer ofertas especiais para quem está nos arredores de uma loja.

Já o Marketing de Proximidade, é um exemplo de Geomarketing. Com essa estratégia, o consumidor que se aproxima de um estabelecimento recebe notificações, conteúdos e ofertas pelo smartphone. Sua localização é identificada pelo GPS, sinal de wi-fi ou Bluetooth.

Remarketing

Confessa pra gente que várias vezes você pesquisou por um produto em lojas online, adicionou ao carrinho de compras e por algum motivo não finalizou o pagamento. 🙁

Existem técnicas que detectam esse comportamento e convertem esse produto que você abandonou em um anúncio!

Após alguns minutos, você abre uma de suas redes sociais ou seu site preferido e se depara com um anúncio justamente do produto que você deixou de comprar.

O sistemas são programados com muita inteligência, e você já demonstrou interesse em algum produto ou conteúdo. Isso será utilizado a favor dos anunciantes, e acredito, essa técnica gera boas taxas de conversão.

Marketing Integrado

Para estabelecer uma ligação coerente com o usuário / consumidor, é necessário integrar suas informações em múltiplos canais.

Reúna seus canais de atendimento, interligando seu site com redes sociais, e vice-versa. Apresente a sua marca de maneira consistente nos diversos canais, fortalecendo sua imagem e posicionamento no mercado.

Marketing Indireto

Sim, o marketing indireto está entre os tipos do marketing digital, e você vai entender o porque agora:

O marketing indireto é aplicado de forma simples e discreta, porém muito profissional. O produto é apresentado discretamente dentro de outro conteúdo.

O Marketing Indireto é tão sutil que o consumidor não percebe nem rejeita, mas fica com aquela lembrança guardada no inconsciente. É muito comum em filmes, novelas, vídeos e séries.

Marketing de Afiliados

Empreendedores online podem utilizar uma rede de afiliados para promover o seu produto. Cada afiliado recebe um link de divulgação e, para cada conversão gerada (clique, cadastro, venda), ele recebe uma remuneração.

Assim funciona o Marketing de Afiliados, que se popularizou na internet com a promoção de infoprodutos, como cursos online, softwares, e-books e outros materiais em formato digital.

Marketing de Relacionamento

O Marketing de Relacionamento se dedica a estratégias para ter um relacionamento positivo com o consumidor antes, durante e depois da compra.

O relacionamento entre marca e consumidor é uma maneira de se diferenciar no mercado, ao criar uma conexão emocional, que é mais forte e duradoura que a relação meramente comercial.

Marketing de Comunidade

Fazer Marketing de Comunidade é estar perto do público que gosta de interagir com a marca e fomentar esse relacionamento.

A comunidade pode integrar os clientes da empresa, mas também os colaboradores, os parceiros, os fornecedores, entre outros públicos. No Facebook e no LinkedIn, por exemplo, é possível criar um grupo para se relacionar com eles.

Marketing de Fidelização

No Marketing de Fidelização, os esforços de relacionamento se concentram nos clientes atuais. Com programas de pontos e ofertas exclusivas, eles se tornam compradores recorrentes e promotores da marca, o que reduz consideravelmente os custos de aquisição de clientes.

Marketing de Precisão

O Marketing de Precisão também pretende tornar os clientes fiéis. Porém, a diferença sutil é que as estratégias de precisão se baseiam necessariamente em dados sobre os consumidores.

Com a ajuda da tecnologia e da automação, a coleta e análise de informações sobre os clientes atuais permite oferecer conteúdos e ofertas exclusivas para a pessoa certa no momento certo, seguindo a lógica do Marketing One-to-One.

Marketing de Recomendação

No Marketing de Recomendação (o famoso boca a boca), o objetivo é aproveitar a fidelização para gerar um boca a boca positivo sobre a empresa, a partir do relacionamento de confiança estabelecido com seus clientes, tornando-os promotores da marca.

No Marketing Digital, recomendações são ainda mais relevantes, pois uma opinião a favor da marca pode impactar milhares de pessoas e atrair novos clientes.

Marketing Institucional

Diferentemente do Marketing Comercial, o foco do Marketing Institucional não é o produto, o serviço ou a venda. Ele engloba as estratégias de marketing para fortalecer a imagem de uma instituição junto aos seus públicos, usando ações de Marketing Social e Cultural, por exemplo.

Marketing Promocional

O Marketing Promocional reúne as estratégias de marketing que incentivam o contato com a marca para atrair o consumidor e estimular as vendas, como a distribuição de brindes e amostras grátis, realização de blitz nas ruas e criação de descontos e ofertas.

Marketing de Causa

Está muito próximo do Marketing Social, mas não é a mesma coisa. No Marketing de Causa, as empresas apoiam uma causa social, mas têm um interesse comercial explícito nisso, como a venda ou a exposição na mídia.

Diferentemente do Marketing Social, essa estratégia não visa uma mudança de comportamento social. Ela quer apenas ajudar uma causa, um projeto ou uma instituição e, com isso, promover a marca.

Marketing Reverso

Tradicionalmente, para aumentar as vendas, as empresas dizem ao consumidor que ele precisa daquele produto.

Já no Marketing Reverso, a estratégia é dizer que ele não precisa daquele produto, criando uma imagem positiva da marca e aumentando as vendas indiretamente.

Telemarketing

É a estratégia de ligar ativamente para os consumidores para oferecer um produto ou serviço ou fazer uma oferta especial. Porém, interromper a rotina e perder tempo com ofertas irrelevantes tiraram a paciência das pessoas e prejudicaram os resultados com essa estratégia.

Marketing de Permissão

São as estratégias de marketing realizadas junto ao consumidor apenas sob sua autorização. No Outbound Marketing, por exemplo, o público tem sua rotina interrompida para ver um anúncio ou receber uma ligação de telemarketing.

Já no Marketing de Permissão, isso só acontece se o usuário permitir, pois a escolha está em suas mãos. No Inbound Marketing, por exemplo, a empresa só envia um fluxo de e-mails se a pessoa consentir com os envios.

Bem, chegamos ao fim desse longo e rico conteúdo sobre os Tipos de Marketing.

Está preparado para conhecer as Ferramentas do Marketing Digital? Vamos lá!

Mas antes comente com a gente se gostou deste post e fale um pouco sobre seus projetos. 🙂

Tags:

3 comentários

Deixe uma resposta